segunda-feira, 1 de novembro de 2010

DEAMBULAÇÕES 145

.
ESTUÁRIO DO DOURO
.
MARGEM DIREITA
.

9 comentários:

teca disse...

Ah... essa imagem está linda!

Beijos.

Luz disse...

El observatorio de aves es un hermoso paseo en mi ciudad no hay cerca tengo que viajar kilometros para disfrutar de algo así.
saludos muy buena captura Jesús!
Buen comienzo de semana;:)

Marilu disse...

Querido amigo, linda foto. Beijocas

Dona Sra. Urtigão disse...

Fiquei parada observando...a foto dos que parados observavam e aí que percebi o quanto não percebemos habitualmente. A perna da calça rasgada, uma bicicleta que não mostra percursos grandes e finalmente surgiu uma pergunta: por que um observatório de aves? Elas não podem ser observadas de qualquer lugar onde estejamos/estejam?

Juliêta Barbosa disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Juliêta Barbosa disse...

Gaspar,

Vi o teu comentário no blog da Chica e os meus olhos reclamaram: precisamos ver a poesia das cores, dos enquadramentos e da beleza da vida através da sensibilidade do Gaspar. Por isso, cheguei até aqui e agradeço a Deus o dom da visão. Parabéns!

nouvelles couleurs - vienna atelier disse...

complimenti, che bella luce

J Araújo disse...

Quero parabeniza-lo pelo blog tão bem elaborado.

valeu!
abraço

Gaspar de Jesus disse...

TECA
LUZ
MARILU
NOUVELES...
J. ARAÚJO
Muito obrigado pelos vossos amáveis comentários.

JULIÊTA - Eu é que agradêço a sua visita e as suas gentis palavras.

DONA - Claro que as Gaivotas que residem no Estuário são muito fáceis de observar. Mas nesta altura do ano o estuário serve de abrigo e repouso a muitas aves migratórias (corvos-marnhos, garças-brancas,garças-reais, etc ) que fogem aos rigores do inverno europeu e aqui descançam na sua longa viagem até África. E essas não gostam de pessoas por perto. Daí que dê muito jeito um monóculo, mesmo a cobrar.
Beijinhos
G.J.

5ª TERTÚLIA A 02 DE JULHO

5ª TERTÚLIA A 02 DE JULHO
COM A ARTE NO OLHAR