quarta-feira, 22 de setembro de 2010

ILHA DA MADEIRA 13

.
FUNCHAL
.
CARROS DE CESTO
.

.
Os carros de cesto do Monte é o nome dado a um meio de transporte na ilha da Madeira, na cidade do Funchal, numa descida do Monte ao Livramento onde se percorrem dois quilómetros em dez minutos num carro de cesto de vime montado sobre patins de madeira descendo através de uma estrada chamada Caminho do Comboio.
É um meio de transporte formidável de apenas dois lugares movidos pelos pés de dois homens, denominados de "Carreiros". A duração é de 10minutos, atingindo num máximo 80 km/h, num percurso de 2 km.
Anualmente são aos milhares as pessoas que se deixam fascinar pela experiência de deslizar a grande velocidade por uma rua numa espécie de trenó de verga. As almofadas suavizam a corrida e os passageiros vão em segurança nas mãos de dois condutores (os chamados carreiros), que empurram e guiam o carro de cesto pela traseira, usando as botas como travões. Este meio de transporte data de 1850 e persiste nos nossos dias como atracção turística.

7 comentários:

Marilu disse...

Querido amigo, isso não é perigoso? aqui no Brasil temos uma brincadeira de criança chamada carrinho de rolemã, tb se breca com os pés. A foto ficou linda. Beijocas

nilda disse...

Eita que deve ser bom demais da conta!
Vê-se pela fisionomia dos passageiros,o "friozinho" da barriga.
Quando criança fazia algo parecido,assentada na folha de coqueiro e o morro era pequeno pra minha descida.
Adorei!
Voce e Emilia desfrutaram da cesta?

José Jaime disse...

Voltei a infância, andei muito quando pequeno em carrinho de rolimã, esfolei muito dedo, mas o prazer era inigualável. Fico pensando: se fosse hoje... seria impraticável devido a tantas normas de segurança, EPI, EPC'S, meio ambiente, coisas que antes se resumia a uma palavra "FAMÍLIA", que regia todas as regras e condutas. Mas como já dizia Machado de Assis:
Um horizonte, a saudade
do que há de voltar.
Outro horizonte, a esperança
dos tempos que hão de chegar.
Abraços
José Jaime

maria teresa disse...

Cá está um local onde nunca fui e aqui tão perto, logo eu que fui casada com um madeirense.
Abracinho

AGM disse...

Que boas férias, sim senhor.
Obrigada pela partilha.

Gaspar de Jesus disse...

MARILU
JOSÉ JAIME
MARIA TERESA
AGM
Obrigado a todos pela amizade.

NILDA
Não amiga, não disfrutamos!
Emília não é muito dada a "aventuras"rsrsrs
Assim, ficamos observando a adrenalina dos "aventureiros", e foram muitos!
Bjs
G.J.

Fernando Santos (Chana) disse...

Espectacular....
Um abraço

5ª TERTÚLIA A 02 DE JULHO

5ª TERTÚLIA A 02 DE JULHO
COM A ARTE NO OLHAR