sexta-feira, 30 de julho de 2010

DEAMBULAÇÕES 85

.
O TRICOT DO PESCADOR
.
AFURADA
.

13 comentários:

Maria disse...

Amigo, excelente fotografia.
Bom fim de semana
bjs
Maria

relogio.de.corda disse...

Esta foto é inspiradora...transmite calma.
Abençoada paciência destes homens das redes! Já agora, posso saber com que máquina tira estas fotos?

teca disse...

Uma arte! A sua e a dele!

Beijos e um ótimo fim de semana, amigo.

Marilu disse...

Querido amigo, a calma está estampada no rosto do pescador, que como um grande costureiro, costura o objeto que lhe é mais caro e de onde tira seu sustento..Linda foto..Tenha um lindo final de semana...Beijocas

Chica disse...

Estava com saudades!estou voltando!Linda foto!abração,tudo de bom,chica

Sônia Brandão disse...

Bela imagem, caro amigo.

maria teresa disse...

Sempre me fascinou em Sesimbra, em épocas passadas, observar os pescadores nestas lides de remendar as redes...
Bonita recordação!
Abracinho

Allan Robert P. J. disse...

Belíssima composição. Parabéns!
Gosto cada vez mais das suas fotos. :)

Milouska disse...

Um tricot que requer muita paciência como só os pescadores sabem ter...
Bjos,

Milouska

Gaspar de Jesus disse...

MARIA
TECA
MARILU
CHICA
SÔNIA
MARIA TERESA
ALLAN
MILOUSKA
Muito obrigado a todos pela simpatia.
Bjs/Abçs
G.J.

Gaspar de Jesus disse...

Cara amiga do RELÓGIO DE CORDA
Muito obrigado pelas amáveis palavras.
Tenho o maior prazer em satisfazer a sua curiosidade, mas a sua pergunta remete-me para outras questões.
Passo a explicar: uma fotografia é antes de mais o resultado final da "aliança" entre o olho fo fotógrafo (leia-se sensibidade) e o olho da lente (qualidade da óptica). Repare que não referi a marca nem o modelo da câmara...
Pessoalmente sou usuário NIKON que considero a melhor a par da CANON.
Mas de nada me adianta posuir uma boa câmara se a lente for de má qualidade. Por isso lhe digo que para se obter fotografias de qualidade deverá existir uma alma de artista por detrás da câmara, depois, é necessário que a lente seja de cristais puros e não acrílicos.
No caso presente, a câmara é uma NIKON D3000 e a lente é NIKOR 18-70mm
Pergunte sempre.
Bjs
G.J.

relogio.de.corda disse...

Obrigada pela informação. É lógico que uma boa máquina sem uma sensibilidade para esta arte de captar o mundo, de pouco ou nada vale. Desculpe ter feito a pergunta assim , tão secamente, mas parti do princípio que a (parte artística) à priori já existe (...é a filha que adora fotografia e penso que tem essa tal sensibilidade...daí a pergunta). Um destes dias envio-lhe o link do "olhares" onde ele vai registando as fotos que vais fazendo com a maquineta que ainda vai sobrevivendo nas mãos dela!

bemsalgado disse...

É muito bela a foto, que faze honra a essa nobre e antiga profisâo de redeiro.

Na minha terra antigamente, nâo sei agora que as redes sâo mais duradeiras, era ejercida, sobre tudo, por mulheres que enchían de redes extendidas os peirâos dos portos pesqueiros, e tenho visto fotos de redeiras cheias de encánto e saudade, ademais do seu valor documental.

Um saúdo.

5ª TERTÚLIA A 02 DE JULHO

5ª TERTÚLIA A 02 DE JULHO
COM A ARTE NO OLHAR